Raízes << Home
Curtas
  Kandandu, Povo Banto!
Um caldeirão de bobagens ou uma excelente escola? As redes sociais podem ser ambas as coisas e mil outras mais

por Oswaldo Faustino
 

Ilustração da rainha Nzinga em negociações de Paz com o governador português em Luanda em 1657

Para mim, além da reaproximação de amigos antigos e a multiplicação dos novos, tem sido terreno de aprendizado muito interessante, graças a contatos como o de Totti Angola, o amigo angolano que vive na Holanda (já mencionado aqui), que sempre nos cumprimenta com a expressão: Kandandu!

Defensor ardoroso da influência da cultura banto em toda a diáspora africana, ele explica que essa palavra, de origem kimbundo, que pode ser traduzida como “abraço fraterno”, vai muito além do movimento de braços que se abrem e fecham, envolvendo o corpo alheio: “É um recado oral prezado em sentidos, digno de estima, pilar da nossa humildade e hospitalidade. Refere-se ao nosso respeito mútuo e à nossa filosofia, poesia e conhecimento científico do mundo através da sabedoria banto.” E, por falar nos povos bantos, ancestrais da maioria dos afro- brasileiros, em dezembro de 2013 completam-se 350 anos da morte da N’gola N’zinga M’bande, a poderosa rainha dos impérios de N’Dongo e Matamba, que floresceram na região onde hoje é Angola e parte do Congo. Temos praticamente dois anos para preparar as homenagens à poderosa guerreira que utilizou a diplomacia para combater a destruição de seu povo pelos invasores portugueses. Aqui no Brasil, N’Zinga é reverenciada, com o nome de Rainha Ginga, nas Festas de Reis e Congados, que não deixam morrer a lembrança gloriosa de impérios africanos. É assim que nos reconhecemos e nos identificamos como herdeiros de suas riquezas culturais sem fim. Kandandu, N’gola!

 

 
Beleza :: ed 114
40 dúvidas que não saem da sua cabeça
Cultural :: ed 136 - 2009
15 filmes para ver e refletir
Movimento :: ed 130 - 2009
10 mulheres negras de destaque

Notícias :: 16/04/14
MPF faz recomendações sobre saúde e educação em comunidade quilombola
Notícias :: 16/04/14
Jornalista é preso por racismo e afastado de emissora no Paraná
Notícias :: 16/04/14
Família denuncia PM por agredir menina negra de 15 anos

 
Quero Assinar
Comprar esta edição
Ver Edições Anteriores
 












BUSCAR!

 
Assine Atrevidinha
 

Denúncias e polêmicas
Os ecos de uma sociedade onde o racismo ainda marca as relações sociais chegaram às Ouvidorias Permanentes em Defesa da Igualdade Racial, distribuídas em todo o Brasil. A polêmica em torno do livro Caçadas de Pedrinho, de Monteiro Lobato, coloca o tema em debate e resgata histórias

 
GOG denuncia
O rapper lança o seu primeiro livro, A Rima Denúncia, uma reunião de letras contundentes do ativista cultural e político de Brasília, considerado um intelectual do movimento hip hop. Na obra, ele passa a limpo a história recente do Brasil, pontuando suas mudanças e constatando suas mazelas


Faça já a sua assinatura!


Visão Jurídica
O Direito de forma ampla e atual.

Assine!Outras ofertas!


Gestão & Negócios
Para vencer na vida pessoal e profissional.


Assine!
Outras ofertas!

Leituras da Histria

Fatos e personalidades que deixaram suas marcas.

Assine!
Outras ofertas!

Raça Brasil
Diversidade é o Brasil de verdade.


Assine!
Outras ofertas!
  ContentStuff - Sistema de Gerenciamento de Conteúdo - CMS