Editora Escala
  Loja Escala | Faça sua Assinatura | Anuncie | SAC | 55 11 3855-1000    
Edição 108
 
Sumário da edição
Edições anteriores
Editorial
Cartas
Gente
Em Foco
Beleza
Cultura
Educação
Consulta
Endereços
Agenda
Em Questão
Fale Conosco
Assine já
Anuncie
Para cadastrados
Para assinantes
Na revista impressa


  SEXO NOSSO DE CADA DIA
Estudos científicos comprovam que ter uma vida sexual ativa contribui para reduzir a concentração de gordura e aumentar a produção de hormônios que combatem a ansiedade e o estresse

POR ANA CAROLINA CARVALHO
FOTOS DULLA

Não tem quem não concorde que sexo é uma das melhores coisas da vida. Não é à toa: o ato sexual é capaz de desencadear uma série de sensações que nenhum outro momento consegue. Tanto faz se é uma rapidinha ou uma relação de horas. "A sexualidade é um dos aspectos mais importantes da vida do ser humano. É por meio dela que o homem se reproduz, cria vínculo com outra pessoa, obtém prazer e forma sua individualidade", diz Ronaldo Pamplona da Costa, psiquiatra e diretor do Departamento de Sexualidade da Associação Paulista de Medicina.

Tanto é verdade que cada vez mais estudiosos se debruçam sobre o tema. Na Organização Mundial de Saúde (OMS) existe um departamento que só se dedica a pesquisar as relações sexuais e prega que sexo é uma questão de saúde sim. E alguns estudos científicos já comprovaram que a vida sexual ativa pode aumentar a longevidade em cerca de cinco a dez anos. Os benefícios - e o prazer! - são tantos que os brasileiros tiram a prova sob os lençóis. Segundo uma pesquisa realizada pela psiquiatra Carmita Abdo, coordenadora do Projeto Sexualidade (ProSex) do Hospital das Clínicas (SP), apenas 7,7% das mulheres e 2,5% dos homens não fazem sexo. Temos duas a três relações sexuais por semana e, se fosse possível, gostaríamos de ter o dobro

Os números apontam que estamos com a saúde sexual em cima e fazemos bonito à fama de que os brasileiros são calientes na cama. Mulheres e homens estão mesmo satisfeitos com suas relações mas se o sexo pudesse ser ainda melhor, investiriam. Afinal, satisfação, desejo e prazer caminham lado a lado e nada disso vem de graça, certo?

IMAGINAÇÃO A TODO VAPOR

A imaginação é um dos afrodisíacos mais poderosos. "A regra é dar liberdade para ser feliz", ensina Ana Paula Santiago, ginecologista e sexóloga do Hospital São Camilo (SP). A fantasia começa na mente e pode virar realidade. Tudo depende da relação que se tem com o parceiro para conversar sobre os desejos de cada um. Fantasia de enfermeira, de colegial, suingue, uma terceira pessoa na cama. "A primeira fase da fantasia sexual é o desejo. É importante os parceiros considerarem o que cada um quer e como isso vai melhorar a relação", diz a dra. Ana Paula. O único porém nessa brincadeira é o limite. Se você não estiver a fim de dividir a fantasia sexual do seu companheiro, não vá em frente. Isso pode prejudicar o relacionamento e as relações futuras.

Você sabia?

PRAZER INSTANTÂNEO. O orgasmo masculino pode durar de dois a dez segundos. Já a mulher, quando chega lá, tem chance de curtir por até 20 segundos. E há registros de orgasmos femininos de até um minuto. Apenas 5% dos homens não conseguem chegar ao orgasmo.

PRAZER É PRAZER no mundo inteiro. Tentar descrever um orgasmo em palavras não é nada fácil. Em compensação, a palavra orgasmo pode ser entendida em qualquer língua. É só investir na pronúncia: "orgasm", em inglês; "orgasmo" em italiano e espanhol; "orgasme" em francês e "orgasmus" em alemão.


PÁGINAS :: 1 | 2 | Próxima >>

Faça já sua busca no site da Raça Brasil
Cadastre-se já no boletim da revista
Raça Brasil.
Serviço gratuito!
 


   

Editora Escala
  Loja Escala | Faça sua Assinatura | Anuncie | SAC | 55 11 3855-1000